Batuta Douro 2000

Batuta

Batuta Douro 2000 foi um dos vinhos que experimentamos no último jantar da confraria dos amigos. Já escrevi vários posts sobre os vinhos da Niepoort, produtor português do Douro, que era especialista em vinhos do Porto e agora produz vinhos tintos de classe mundial. O Batuta veio pelas mãos do José Aurélio, que acerta todas na mosca. Nas palavras do produtor Dirk Niepoort, em português original…“as vinhas muito boas e com produções diminutas no Douro são muito limitadas, e o facto de ser um vinho que exige uma atenção e rigor excessivos em todas as fazes, torna o processo complicado e dispendioso”.

Todos gostaram muito do vinho que é bastante escuro, encorpado, com boa presença de frutas escuras, madeira, taninos finos e bem integrados, final longo de café expresso e tabaco. Feito em terreno de xisto, a partir de vinhas com 60 anos de idade. Blend de Tinta Amarela, Touriga Franca e Tinta Roriz, passou por 18 meses em barris de carvalho francês.

Comments

Facebook Comments

Powered by Facebook Comments

Paulo Queiroz April 15th, 2012 0 comments Portugal / Tinto / Todos

Add your comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Os melhores vinhos na opinião dos amigos

Archives

Manifesto do Blog

NOSSO VINHO foi fundado em outubro de 2008. Este é um lugar de diversão e cultura sobre o mundo do vinho. Nada aqui é comercial. Não aceitamos propaganda. Não participamos de degustações com fins comerciais. Não falamos mal de nenhum vinho, pois não perdemos tempo com vinho ruim. Por tratar de uma bebida alcóolica, esse blog dirige-se a maiores de 18 anos. Se beber não dirija.

Traffic

Hits

Pages |Hits |Unique

  • Last 24 hours: 4,956
  • Last 7 days: 38,929
  • Last 30 days: 155,612
  • Online now: 21

© 2013 NOSSO VINHO
Powered by WordPress, Endless & Sneek

Agradecimento especial a Denis Gustavo Alves dos Reis Santos.